domingo, 2 de maio de 2010

A história por trás dos logos de Holywood


Você vê esses logos de abertura toda vez que vai ao cinema, mas nunca se perguntou quem é o garoto na lua do logo da DreamWorks? Ou em qual montanha se inspirou o logo da Paramount? Ou quem era a garota da tocha da Columbia? Vamos descobrir:

Traduzido por Phelps (via Netorama)





1- DreamWorks SKG - Garoto na lua

Em 1994, o diretor Steven Spielberg, o diretor dos estúdios Disney Jeffrey Katzenberg, o produtor de discos David Geffen (sim, as inicias dos três são o SKG no logo da DW) se uniram para fundar um novo estúdio chamado DreamWorks.

Spielberg queria que o logo da DreamWorks fosse uma herança da era de ouro de Hollywood. O logo seria uma imagem gerada por computador de um homem na lua, pescando, mas o Supervisor de Efeitos Visuais Dennis Muren da Industrial Light and Magic, que trabalhou em muitos dos filmes de Spielberg, disse que um logo pintado a mão ficaria melhor. Muren pediu a seu amigo, o artista Robert Hunt, que fizesse a pintura.

Hunt enviou também uma versão alternativa, que incluía um jovem garoto numa lua crescente. Spielberg gostou mais desta versão, e o resto é história. Ah, e o garoto? Era o filho de Hunt, William.

O logo que está nos filmes da DreamWorks foi feito na ILM a partir de pinturas de Robert Hunt, em colaboração com a Kaleidoscope Films (designers dos storyboards originais), Dave Carson (diretor) e Clint Goldman (produtor)


2 - Metro-Goldwyn-Mayer (MGM): Leo o leão

Em 1924, o estúdio publicitário Howard Dietz projetou o logo "Leo o leão" para a Samuel Goldwyn`s Goldwyn Picture Corporation. Ele o baseou no mascote da equipe atlética da Universidade de Columbia, "Os Leões". Quando a Goldwyn Pictures se uniu à Metro Pictures Corporation e à Louis B. Mayer Pictures, a recém formada MGM manteve o logo.
Desde então, existiram cinco leões ocupando o papel de "Leo o leão". O primeiro foi Slats, que ocupou a abertura dos filmes mudos da MGM de 1924 a 1928. O próximo leão, Jackie, foi o primeiro cujo rugido foi ouvido pela audiência. Como os filmes ainda eram mudos, o famoso rugido era reproduzido num fonógrafo. Ele foi também o primeiro leão a aparecer em Technicolor, em 1932.
O terceiro e provavelmente mais famoso foi Tanner (apesar de Jack ainda ser usado nos filmes preto e branco da MGM). Após o curto uso de um leão que não teve o nome conhecido, a MGM se estabeleceu no Leo, que o estúdio usa desde 1957.
O lema da compania "Ars Gratia Artis" significa "Arte pela causa da arte"


Slats, o original "Leo o leão" - 1916-1924
Slats, o primeiro logo oficial da MGM - 1924-1928
Jackie, o segundo leão - 1928-1956
Tanner, o terceiro leão - 1934-1956
O quarto leão anônimo - 1956 - 1958
Leo, o leão - 1957 - presente

3 - 20th century Fox: o logo dos holofotes


Em 1935, Twentieth Century Pictures and Fox Film Company (que antes era principalmente uma companhia de redes de teatro) se uniram para criar a Twentieth Century Fox Film corporation.

O logo original da Twentieth Century Pictures foi criado em 1933 por um famoso artista de paisagens chamado Emil Kosa Jr. Após a união, Kisa simplesmente substituiu "Pictures Inc." por "Fox" para chegar ao logo atual. Além do logo, Kosa também ficou famoso por sua pintura da Estátua da Liberdade em ruínas no fim do filme O Planeta dos Macacos (1968), entre outras.
Talvez tão famoso quanto o logo seja a música tema "20th Century Fanfare", composta por Alfred Newman, então musical diretor para a United Artists.

4 - Paramount: a Majestosa Montanha


A Paramount Pictures Corporation foi fundada em 1912 como Famous Players Film Company por Adolph Zukor e o grupo de teatro Os irmãos Frohman, Daniel e Charles.
O logo foi primeiramente desenhado como um rascunho por W. W. Hodkinson durante uma reunião com Zukor, baseado na montanha Ben Lomod de sua infância em Utah (o logo ao vivo feito posteriormente é provavelmente baseado no Artesonraju do Peru). É o logo mais antigo de Holywood.
O logo original tinha 24 estrelas, simbolizando as 24 estrelas de cinema contratadas (hoje são 22 estrelas, apesar de ninguém saber me dizer o motivo da redução). A pintura fosca original também foi substituída por uma montanha e estralas gerados por computador.


5 - Warner Bros.: o escudo WB

Warner Bros. (sim, é Bros. e não Brothers) foi fundada por quatro irmãos judeus da Polônia: Harry, Albert, Sam e Jack Warner. Na verdade, esses não são os nomes de nascimento: Harry nasceu "Hirsz", Albert era "Aaron", Sam era "Szmul" e Jack era "Itzhak". O sobrenome deles é desconhecido - algumas passoas dizem que era "Wonsal", "Wonskolaser" ou até mesmo Eichelbaum, antes de se tornar "Warner".

No começo, a Warner Bros. tinha problemas para atrair os grandes talentos. Em 1925, com os pedidos de Sam, a Warner fez seu primeiro longa "Talking Pictures" (quando Harry ouviu a idéia de Sam, disse a famosa frase "Quem quer ouvir atores falando?"). Esta foi a bola pra frente e fez o estúdio Warner famoso.

O logo na verdade sofreu muitas revisões. Veja abaixo:


6 - Columbia Pictures: A garota da tocha


A Columbia Pictures foi fundada em 1919 pelos irmãos Harry e Jack Cohn e por Joe Brandt como Cohn-Brandt-Cohn Film Sales. Muitas das produções iniciais eram de baixo custo, por isso levaram o apelido "Carne com Repolho" [nota da tradução: em inglês o apelido é um trocadilho com o nome "Corned Beef and Cabbage". Em 1924, os irmãos Cohn compraram a parte de Brandt e renomearam o estúdio como Columbia Pictures Corporation, num esforço para melhorar a sua imagem.




O logo do estúdio é a Columbia, a personificação feminina dos Estados Unidos. Foi desenvolvido em 1924, e a identidade da "Garota Tocha" nunca foi determinada conclusivamente, apesar de várias mulheres declararem ser a tal.

Na autobiografia de 1962 de Bette Davis, ela diz que a modelo era Claudia Dell, enquanto em 1987 a People Magazine publicou que a atriz Amelia Batchler era a tal. Em 2001, o Chicago Sun-Times disse que a modelo era uma mulher que trabalhava como figurante chamada Jane Bartholomew. Dada a quantidade de vezes que o logo mudou com os anos, é possível que estejam todos certos.
A atual "Garota Tocha" foi desenvolvida em 1993 por Michael J. Deas, que foi encomendado pela Sony Pictures Entreteinment para retornar o logo ao seu visual clássico.
Embora muitos pensassem que a atriz Annette Bening fosse a modelo, uma dona de casa chamada Jenny Joseph foi a modelo para Deas. No lugar de seu rosto, entretanto, Deas desenhou um rosto utilizando recursos gerados por computador


Related Posts with Thumbnails

9 comentários:

Dani disse...

É Holofote, cara! A matéria é muito interessante. O que eu acho legal no logo da Warner é que eles colocam efeitos especiais de acordo com cada filme.

Phelps disse...

Verdade! a Warner coloca o logo personalizado
Verei um post com esse tema
(olofotes já corrigidos)

lsfdesign disse...

muito bom post, uma pergunta a FOX é uma fusão da Warner? Eles também estilizam de acordo ao filme...

gilberto disse...

Legal, só faltou a universal (não a do Bispo)...

Edmilson Alves disse...

Se tudo que diz ai e verdade perfeito - obrigado pelo conhecimento e a experiência vivida da criação.

xatuhoya disse...

Thanks for posting, I like this blog!

online pharmacy

nixugong disse...

Thanks for your share! very impressive!

aroma therapy

kuwuwait disse...

Great work keep it coming, best blog on earth

clomid

rekopurl disse...

This blog is bookmarked! I really love the stuff you have put here.

cheap nolvadex

Postar um comentário