terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Eae gatinha ! Eu moro sozinho...

Uma das coisas que mais representa independencia é, sem duvidas, morar sozinho. Quando eu era criança, ficava imaginando como seria quando eu ficasse adulto: teria um emprego bom, um carro legal, nomoraria a power ranger rosa e , logicamente , a minha propria casa onde "TUDO PODE ACONTECER!". E eu era uma criança criativa e quando falo tudo, é tudo mesmo. Quis o destino que a minha saida de casa fosse mais cedo do que eu previa. Quando passei na faculdade, tive que mudar de cidade e acabei tendo que morar sozinho.
Para quem nunca passou por isto, aviso desde de já que existe as "TRES FASES DE MORAR SOZINHO". Logico que isto varia de pessoa para pessoa. Bom, vamos a primeira fase e como eu, um coelho bem familia, passou por ela.




Fase 1 : CARACOLES!!!!, EU VOU MORAR SOZINHO!!!.
A frase caracteristica desta fase é: "MEU, eu posso fazer tudo o que eu quero!!".
Foi no final de 2008 que eu decidi que iria prestar vestibular para uma faculdade do interior. Na hora você pensa que morar sozinho significa: Não tamar banho todo dia, levar quem quiser para casa, poder sair a qualquer hora, deixar tudo na bagunça e, o mais foda de tudos, andar e fazer tudo dentro de casa completamente pelado. Posso confessar que o ultimo foi muito relavante na minha escolha. Então, quando recebi a noticia que tinha passado fui ver onde eu iria morar. Mamãe e Papai coelho foram me ajudar na escolha. Desde o começo, meu pai preferia que eu morasse sozinho à ter que ir para uma republica.
Fato sobre as republicas: " Lá, literalmente, tudo pode acontecer". Fomos em pencionatos, republicas e era sempre a mesma historia: 5 Ou mais muleques dividindo o mesmo quarto, dormindo em camas apertadas, com aquele cheiro de macho suado... Deixa eu parar por aqui que isto está ficado parecido com sinopse de filme porno gay. Enfim, eu não me sentiria confortavel morando com tanta gente.
Fomos então para as kitnets. Depois de muito andar, aluguei uma que ficava a 100 metros da porta da faculdade. Na hora ela parecia muito boa ( doce ilusão). Tinha mais 2 semanas antes de começar as aulas. Fui para casa, contava para todo mundo que eu ia morar sozinho. Cheguei até , e isto me da vergonha, de fazer a seguinte cantada: "Eae gatinha ! Eu moro sozinho...".
Passadas as 2 semanas fui para o meu novo lar.
No meu caso, esta primeira fase acaba agora. Este tempo de euforia onde você acha que morar sozinho é bom , é divertido. Que você pensa que já esta pronto para sair de casa. O pior que você só descobre que esta errado, quando esta ja sozinho e começa a fazer amizade com o tenis, com o armario. Trocar altas ideias com o microndas ( nos tornamos grandes amigos!), jogar par ou impar com o espelho ( cara mais esperto que eu conheci!) entre outras esquisitisses.
Fase 2 : " ALGUEM, POR FAVOR, FALA COMIGO...".
Frase caracteristica desta fase: "Meu, eu não quero fazer tudo que eu quero!! Eu preciso, urgentimente, de receber ordens!" .
A primeira coisa que me aconteceu foi um verdadeiro balde de agua fria!
Primeira noite sozinho, cheguei em casa, não tinha o que fazer, entrei na internet. Depois fui ver tv, liguei para meus pais e resolvi dormir. Durante o banho me veio a ideia e uma grande felicidade: " EU VOU DORMIR NU!!!". Sai do banho, dei uma olhada se estava tudo fechado, arrumei a cama e ... PELADÃO. Deitei! Uma hora depois eu não tinha dormido. Foi ai que eu percebi e isto pode ser inesperado: " Dormir pelado é, antes de tudo, muito desconfortavel". O porque, prefiro não falar. Tente algum dia fazer isto e você logo perceberá.
Mas eu não me abalei. Primeiro dia, segundo dia.... Ai a coisas ficou preta. A pior é você chegar em casa e não ter ninguem te esperando. Não ter ninguem para conversar. É você pereber que a roupa não some sozinha e aparece, por magia, limpa e perfumada. Que a comida do Bandeijão tem um gosto indecifravel e que você vai ter que comer aquilo todo dia. Nesta epoca eu ligava par casa e ,não tenho vergonha de falar, chorava. Imagine: Um coelho forte e crescido chorando igual uma lebre manhosa!
Para ajudar, a kitnet que eu morava não tinha janela e fazia muito frio. MAs eu fiz grandes amizades. Dei nome a todos os meus pertences: Esquentadinho era o micro-ondas, Matogrosso era uma comoda meio gay que eu tinha, Vaga-lume era uma lamparina e ted-rosca era um prego que tinha no armario. No meio do ano o Matogrosso virou ex-gay ( se é que isto existe!) e começou namorar Vaga-lume. Esquentadinho ficou com invejinha, começou a fazer umas intrigas...sabe como é corno apaixonado! E o ted-rosca resolveu sair do armario (pegou!) lá para meados de outubro.
Fase 3 : " BOM, ATÉ QUE TEM VANTAGENS".
Frase caracteristica: " Morar sozinho não é de todo ruim".
E não é mesmo. Mas eu demorei um ano para perceber isto e mesmo assim eu conto os dias para chegar o final de semana e ir para casa. Mas depois de um tempo você percebe que morar sozinho é bom e que você cresce anos em maturidade. Eu me tornei uma pessoa muinto mais segura e aconteceu uma coisa maravilhosa: MINHA familia ficou muito mais unida.
É muito legal fazer as malas na quinta, chegar em São Paulo com comida pronta e ver todo mundo. Fora a experiencia!
Logico que eu tenho inumeras historias engraçadas, tragicas etc Mas vou deixar para um futuro post que já estou bolando. BOm por hoje é só e até um outro dia,
O COELHO !

Related Posts with Thumbnails

1 comentários:

BaIaNo disse...

haiuhau...verdade, todo mundo q vai morar sozinho tenta dormir pelado...
A primeira vez é phoda...amassa tudo!...depois vc vai acostumando..!
=p

Postar um comentário